Menu


Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. MAIS INFORMAÇÕES.

ACEITAR

A partir de 3x de
R$ 58,33
sem juros

Total R$ 175,00
  • Certificado Credenciado MEC
  • Faculdade UNINA Portaria MEC - Nº299 27 Dezembro 2012
  • Certificado Digital Assinatura Eletrônica Medida Provisória nº 2002 24 Agosto 2001
  • Salve conteúdo em PDF
  • Declaração Matrícula ao iniciar o curso
  • Declaração Conclusão ao finalizar o curso
  • Sem Mensalidades
  • Certificado incluido Sem taxa extra
Carga Horária

Selecione abaixo a carga horária desejada

400 Horas
Aperfeiçoamento
380 Horas
Aperfeiçoamento
360 Horas
Aperfeiçoamento
350 Horas
Aperfeiçoamento
340 Horas
Aperfeiçoamento
320 Horas
Aperfeiçoamento
300 Horas
Aperfeiçoamento
250 Horas
Aperfeiçoamento
210 Horas
Aperfeiçoamento
200 Horas
Aperfeiçoamento
180 Horas
Aperfeiçoamento
160 Horas
Aperfeiçoamento
120 Horas
Aperfeiçoamento
60 Horas
Aperfeiçoamento
30 Horas
Aperfeiçoamento
20 Horas
Aperfeiçoamento
8 Horas
Aperfeiçoamento
Certificação

CERTIFICADOS EMITIDOS PELA FACULDADE UNINA CREDENCIADA PELO MEC 

Recredenciada pela Portaria MEC - Nº 1.327 de 17 de novembro de 2016.

Todos os cursos são ofertados pela Faculdade Unina credenciada para cursos em EAD.

Credenciamento EAD Portaria MEC - N° 213, de 03 de fevereiro de 2017.

♦ Não existe nenhuma taxa extra para a emissão dos certificados!

♦ Os certificados dos cursos de Direito não são emitidos pela Faculdade Unina, somente pela Educaline.

Clique na imagem para ampliar:

Frente

Verso

Veja os detalhes abaixo:

Os certificados são assinados individualmente de forma digital, de acordo com o Artigo 10 da Medida Provisória 2200-2 de 24/08/2001. 

Todos os documentos assinados de forma digital são cadastrados na Secretaria da Receita Federal, tendo a mesma validade do documento original. 

No certificado consta:

  • Número da Portaria:  MEC - n° 299 de 27 de dezembro de 2012.
  • Emitidos pela Faculdade Unina.
  • Assinatura do Diretor da Faculdade Unina.
  • Nome completo do aluno, RG e CPF.
  • Número de matrícula do aluno.
  • Carga horária total.
  • Período de realização do curso.
  • Conteúdos trabalhados.
  • Número de registro do certificado.
  • Nota da Avaliação.
  • Frequência.
  • Nome do coordenador.
  • Assinatura Digital do coordenador do curso: Medida Provisória nº 2002 - 24 agosto 2001.
  • Nome do professor do curso.
  • Tutoria on-line

Certificação válida para:

  • Comprovação de Prova de Título de Educação Continuada.
  • Para elevação funcional dos professores aceitos pelas Secretarias de Educação, de acordo com o plano de carreira ou edital.
  • Para apresentar como Título em Concurso Público ou Processo Seletivo, que ocorre nos Órgãos da Administração Pública na esfera Federal, Estadual e Municipal.
  • Válido como atividades complementares como horas extras.
  • Para acrescentar ao seu currículo e concorrer a melhores vagas no Mercado de Trabalho.
Matricule-se

Para realizar sua matrícula, siga os seguintes passos:

  • Escolha o tema do curso que deseja e clique em Matricule-se.
  • Selecione a carga horária que melhor atende suas necessidades.
  • Poderá optar por cursos de Aperfeiçoamento ou Extensão.
  • Escolha a forma de pagamento.
  • Assim que receber a confirmação de pagamento por e-mail, você já pode iniciar o curso, através da área do aluno.

Como realizar seu curso:

  • O aluno poderá estudar no horário e local onde desejar, basta acessar a área do aluno no site.
  • O certificado é emitido pela Faculdade Unina devidamente credenciada pelo MEC.
  • Início imediato e sem mensalidades.
  • Certificado digital poderá ser impresso após a finalização do curso.
  • Certiifcado com assinatura eletrônica de acordo com as normas das Secretarias de Educação. Medida Provisória nº 2002 - 24 agosto 2001.
  • Conteúdo cuidadosamente elaborado por professores capacitados e disponível para donwload no formato PDF.
  • Único site que calcula automaticamente o período de realização do curso de acordo com a Lei Federal (6 horas dia).
  • Assim que finalizado o curso e cumprido o prazo mínimo de realização o certificado é gerado.
  • Conteúdo liberado em três fases para que o aluno se realize seus estudos e a avaliação de cada módulo separadamente.
  • Informações de cada fase do andamento do seu curso por email, desde o início até a finalização do mesmo.
  • Tutoria on-line.
  • Assessoria via whatsapp e email para dúvidas e procedimentos.
Avaliação

Para todas as cargas horárias, a avaliação ocorre por meio de um questionário on-line constituído de perguntas de múltiplas escolhas com consulta ao material estudado. A nota mínima exigida é 7, mas caso ela não seja atingida, duas novas tentativas podem ser feitas sem custo adicional. A nota da avaliação consta no verso do certificado de conclusão do curso.

Após responder todas as questões o aluno deverá clicar em "corrigir questionário" sendo APROVADO o curso será finalizado e prosseguimos para a emissão do certificado. Oferecemos toda a assessoria durante a realização do curso através da nossa tutoria on-line. 

Pagamento

O pagamento é feito por meio da CIELO, um serviço simples e seguro que lhe permite escolher a forma mais conveniente. Observando a figura abaixo, você pode perceber que é possível pagar via boleto bancário, cartão de crédito, PIX ou depósito bancário e ainda parcelar o valor em até 3x sem juros no cartão.

O parcelamento só é possível através do cartão de crédito.

Descrição

CERTIFICADOS EMITIDOS PELA FACULDADE UNINA CREDENCIADA PELO MEC

Recredenciada pela Portaria MEC - Nº 1.327 de 17 de novembro de 2016.

Todos os certificados dos cursos de Aperfeiçoamento e Extensão realizados no Portal são ofertados pela Faculdade Unina, credenciada para cursos em EAD (Portaria MEC - N° 213, de 03 de fevereiro de 2017), no certificado consta o número da Portaria MEC - Nº 1.327 de 17 de novembro de 2016, dando legitimidade ao certificado. 

Agente Socioeducativo, é um educador social e possui a missão de facilitar o cumprimento das medidas socioeducativas do adolescente infrator, assegurando os direitos destes indivíduos quando submetidos ao cumprimento das medidas socioeducativas.

O curso, propõe uma reflexão acerca da definição conceitual e delimitação teórica da socioeducação a partir de uma concepção de educação social que tem compromisso ético e político pela construção de uma sociedade possível. Como também uma reflexão da função desse profissional para a importante tarefa de ressocialização de crianças e adolescentes infratores.

Objetivo

Este curso tem como principal objetivo, preparar o profissional para o desempenho desta função com responsabilidade e dignidade, desenvolvendo um trabalho de qualidade a partir dos conhecimentos adquiridos. O curso visa mostrar como deve ser a sua atuação profissional, suas atribuições e legislações.

Além disso, o curso abordará a função do Agente Socioeducativo no atendimento aos adolescentes e jovens-adultos internos no sistema de segurança carcerário. Irá mostrar sobre o trabalho do agente socioeducativo, sobre as medidas preventivas e corretivas.

Prazos
Carga Horária Período de Realização
400 horas 66 dias
380 horas 63 dias
360 horas 60 dias
350 horas 58 dias
340 horas 56 dias
320 horas 53 dias
300 horas 50 dias
250 horas 41 dias
210 horas 35 dias
200 horas 33 dias
180 horas 30 dias
160 horas 26 dias
120 horas 20 dias
60 horas 10 dias
30 horas 5 dias
20 horas 3 dias
8 horas 1 dias

A Educaline segue as orientações das Secretarias de Educação e órgãos responsáveis com o intuito que os certificados sejam homologados e nossos alunos possam ter o máximo de aproveitamento dos cursos. Desta forma, os certificados são emitidos após o prazo estipulado, pois estes orgãos não aceitam uma grande carga horária realizada em um curto período de espaço de tempo.

Para os cursos de Educação, o prazo mínimo para a realização do curso varia de acordo com a carga horária conforme consta na tabela. O conteúdo é liberado para estudos em 3 fases de acordo com as cargas horárias.

O curso pode ser finalizado no prazo mínimo, de acordo com a carga horária, conforme escolha do aluno. Os cursos na área educacional são realizados de forma independente para evitar que as datas coincidam para evitar que os certificados sejam indeferidos. O aluno possui um prazo de até 6 meses para finalizar seu curso.

Conteúdo

Visualize o conteúdo do curso selecionando a carga horária abaixo:

  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • OBJETIVOS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • DETERMINAÇÃO DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • INTERNAÇÃO COMO MEDIDA SOCIOEDUCATIVA
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • A EFETIVIDADE DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • O CAMINHO PARA A RESSOCIALIZAÇÃO
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O ATENDIMENTO À SAÚDE DO ADOLESCENTE PRIVADO DE LIBERDADE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • METODOLOGIA QUANTO A ELABORAÇÃO DO PLANO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • O ATENDIMENTO ÀS FAMÍLIAS DOS ADOLESCENTES INFRATORES
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O CONSELHO TUTELAR E SUAS INTERVENÇÕES
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • O ATENDIMENTO DO PODER PÚBLICO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • ELEMENTOS DO PLANO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • PROTEÇÃO INTEGRAL EM PROPOSTAS PEDAGÓGICAS
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PROCEDIMENTO NO CASO DE VISITAS ÍNTIMAS
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • NORMAS INFRACONSTITUCIONAIS
  • O PAPEL DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • A ESCOLA COMO CAMINHO SOCIOEDUCATIVO
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • RESPONSABILIZAR É DIFERENTE DE PUNIR
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • UM OLHAR SOBRE A FAMÍLIA DOS MENORES INFRATORES
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • A MEDIDA SOCIOEDUCATIVA MAIS SEVERA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • OBJETIVOS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • DETERMINAÇÃO DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • INTERNAÇÃO COMO MEDIDA SOCIOEDUCATIVA
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • A EFETIVIDADE DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • O CAMINHO PARA A RESSOCIALIZAÇÃO
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O ATENDIMENTO À SAÚDE DO ADOLESCENTE PRIVADO DE LIBERDADE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • METODOLOGIA QUANTO A ELABORAÇÃO DO PLANO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • O ATENDIMENTO ÀS FAMÍLIAS DOS ADOLESCENTES INFRATORES
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O CONSELHO TUTELAR E SUAS INTERVENÇÕES
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • O ATENDIMENTO DO PODER PÚBLICO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • ELEMENTOS DO PLANO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • PROTEÇÃO INTEGRAL EM PROPOSTAS PEDAGÓGICAS
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PROCEDIMENTO NO CASO DE VISITAS ÍNTIMAS
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • NORMAS INFRACONSTITUCIONAIS
  • O PAPEL DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • A ESCOLA COMO CAMINHO SOCIOEDUCATIVO
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • RESPONSABILIZAR É DIFERENTE DE PUNIR
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • OBJETIVOS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • DETERMINAÇÃO DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • METODOLOGIA QUANTO A ELABORAÇÃO DO PLANO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • O ATENDIMENTO ÀS FAMÍLIAS DOS ADOLESCENTES INFRATORES
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O CONSELHO TUTELAR E SUAS INTERVENÇÕES
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • O ATENDIMENTO DO PODER PÚBLICO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • ELEMENTOS DO PLANO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • PROTEÇÃO INTEGRAL EM PROPOSTAS PEDAGÓGICAS
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PROCEDIMENTO NO CASO DE VISITAS ÍNTIMAS
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • NORMAS INFRACONSTITUCIONAIS
  • O PAPEL DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • A ESCOLA COMO CAMINHO SOCIOEDUCATIVO
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • RESPONSABILIZAR É DIFERENTE DE PUNIR
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • OBJETIVOS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • O ATENDIMENTO ÀS FAMÍLIAS DOS ADOLESCENTES INFRATORES
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O CONSELHO TUTELAR E SUAS INTERVENÇÕES
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • O ATENDIMENTO DO PODER PÚBLICO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • ELEMENTOS DO PLANO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • PROTEÇÃO INTEGRAL EM PROPOSTAS PEDAGÓGICAS
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PROCEDIMENTO NO CASO DE VISITAS ÍNTIMAS
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • NORMAS INFRACONSTITUCIONAIS
  • O PAPEL DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • A ESCOLA COMO CAMINHO SOCIOEDUCATIVO
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • RESPONSABILIZAR É DIFERENTE DE PUNIR
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • OBJETIVOS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O CONSELHO TUTELAR E SUAS INTERVENÇÕES
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • O ATENDIMENTO DO PODER PÚBLICO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • ELEMENTOS DO PLANO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • PROTEÇÃO INTEGRAL EM PROPOSTAS PEDAGÓGICAS
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PROCEDIMENTO NO CASO DE VISITAS ÍNTIMAS
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • NORMAS INFRACONSTITUCIONAIS
  • O PAPEL DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • A ESCOLA COMO CAMINHO SOCIOEDUCATIVO
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • RESPONSABILIZAR É DIFERENTE DE PUNIR
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • OBJETIVOS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • ELEMENTOS DO PLANO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • PROTEÇÃO INTEGRAL EM PROPOSTAS PEDAGÓGICAS
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PROCEDIMENTO NO CASO DE VISITAS ÍNTIMAS
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • NORMAS INFRACONSTITUCIONAIS
  • O PAPEL DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • A ESCOLA COMO CAMINHO SOCIOEDUCATIVO
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • RESPONSABILIZAR É DIFERENTE DE PUNIR
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • OBJETIVOS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PROCEDIMENTO NO CASO DE VISITAS ÍNTIMAS
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • NORMAS INFRACONSTITUCIONAIS
  • O PAPEL DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • A ESCOLA COMO CAMINHO SOCIOEDUCATIVO
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • RESPONSABILIZAR É DIFERENTE DE PUNIR
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • OBJETIVOS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • NORMAS INFRACONSTITUCIONAIS
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • A ESCOLA COMO CAMINHO SOCIOEDUCATIVO
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • RESPONSABILIZAR É DIFERENTE DE PUNIR
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • OBJETIVOS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • NORMAS INFRACONSTITUCIONAIS
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • MATRICIALIDADE SOCIOFAMILIAR
  • VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • INTERNAÇÃO PROVISÓRIA
  • SOCIOEDUCAÇÃO: ORIGEM, SIGNIFICADO E IMPLICAÇÕES
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ANÁLISE DO REGIMENTO DA FUNÇÃO DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO
  • O SISTEMA NACIONAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • O ÓRGÃO GESTOR DA ASSISTÊNCIA SOCIAL E O SISTEMA DE JUSTIÇA
  • REFLEXÃO ACERCA DO PROFISSIONAL SOCIOEDUCATIVO
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • A POLÍTICA DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE
  • O PERFIL DO AGENTE DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVO (ASS)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • REGIMES DISCIPLINARES
  • MARCOS CONCEITUAIS E LEGAIS DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA OS SERVIÇOS DE ACOLHIMENTO
  • VIOLÊNCIA E ADOLESCÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • OS PROFISSIONAIS DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO
  • ECA (VÍDEO)
  • PARÂMETROS DE GESTÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • INTRODUÇÃO
  • O AGENTE SOCIOEDUCADOR E O SINASE
  • MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS À LUZ DA SOCIOEDUCAÇÃO
  • RESPONSABILIZAÇÃO E PROMOÇÃO JUVENIL
  • ECA (VÍDEO)
  • ATO INFRACIONAL E A RESPONSABILIZAÇÃO ESTATUTÁRIA
  • DIREITOS INDIVIDUAIS
  • ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DE ADOLESCENTE
  • O CONANDA: CONTEXTUALIZAÇÃO
  • ESPECIFICIDADES DE ALGUMAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS
  • NORMATIVAS DO SINASE E MEDIDAS EM MEIO ABERTO
  • FINALIDADES E COMPETÊNCIAS DO CONANDA
  • O EXERCÍCIO DA ALTERIDADE
  • O TRABALHO SOCIAL COM FAMÍLIAS NO SERVIÇO DE PROTEÇÃO
  • A TERRITORIALIZAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS / SCFV
  • A CONSTITUIÇÃO DA INTERSETORIALIDADE
  • A DEFESA DE DIREITOS E A RESPONSABILIZAÇÃO
  • A UNIDADE DE INTERNAÇÃO: AGENTES E TÉCNICOS
  • CONTEMPORANEIDADE, JUVENTUDE E CRIMINALIDADE
  • PRINCÍPIOS DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE
  • INTERNAÇÃO SANÇÃO E MEDIDA PROTETIVA
  • ATOS INFRACIONAIS
  • EXCEPCIONALIDADE DO AFASTAMENTO DO CONVÍVIO FAMILIAR
  • RESPEITO À DIVERSIDADE E NÃO-DISCRIMINAÇÃO
  • CARACTERÍSTICAS DO/A CRIANÇA E/OU ADOLESCENTE
  • ESTUDO DIAGNÓSTICO PÓS ACOLHIMENTO
  • ELEMENTOS PRÉVIOS PARA A ANÁLISE DOS PROJETOS POLÍTICOS PEDAGÓGICOS
  • CONCLUSÃO
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Cursos Relacionados

Consulte seu Certificado

©EDUCALINE BRASIL | CNPJ: 11.282.695/0001-68 | Todos os direitos reservados